093  matéria(s) localizada(s) . Exibindo página 1  
16/6/2021
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Antonio Ermírio de Moraes

"Que láureas terá um engenheiro para integrar uma academia de letras? Que títulos terá um pelejador da indústria para ombrear com os criadores de sonhos e fantasias? O engenheiro é seco, vai direto ao ponto, ama a linha reta e se às vezes admira uma parábola ou uma catenária é tão somente para desvendar-lhe a equação fria."
16/6/2021
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO PAULO BOMFIM
Acadêmico: Antonio Ermírio de Moraes

"Meu caro Antônio Ermírio, cabulemos pela primeira vez uma aula do Liceu Rio Branco. Desçamos a Vila Nova dando uma parada na biblioteca infantil para abraçar dona Lenira Fracarolli. Depois, lentamente, cruzaremos a Rua Bento Freitas e, subitamente, perceberemos que estamos no Largo do Arouche em frente a portões dourados que se abrem."
15/6/2021
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: João de Scantimburgo

"Mas o nosso dever é o de cultivarmos as letras. Se não alcançamos a beleza na sua plenitude, sejamos-lhe, ao menos, fiéis adoradores, em êxtase admirando a sua face resplandecente."
15/6/2021
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO ALCÂNTARA SILVEIRA
Acadêmico: João de Scantimburgo

"A continuidade do vosso esforço em defesa da língua portuguesa, na divulgação do blondelismo e no estudo do Brasil sob os ângulos político, econômico, filosófico e sociológico é o que a Academia Paulista de Letras aguarda de vossa cultura, de vossa inteligência, de vosso idealismo. Sede bem-vindo."
9/6/2021
DISCURSO DE POSSE (18.09.1968)
Acadêmico: Paulo Nogueira Filho

"Eis-me agora aqui, para convosco servir, neste ateneu da comunidade brasileira, no seio de nosso amado e epopeico povo paulista."
9/6/2021
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO ERNESTO DE MORAES LEME
Acadêmico: Paulo Nogueira Filho

"A cadeira em que hoje vos assentais dignamente há de ficar marcada para sempre como sendo aquela que, na sucessão de seus ocupantes, mantém, mais que todas as outras, a continuidade de uma tradição."
9/6/2021
DISCURSO DE POSSE (20.05.1970)
Acadêmico: Osmar Muniz Pimentel

"Senhores Acadêmicos: Reitero-vos comovida gratidão por me terdes convocado para vossa companhia."
9/6/2021
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO CASSIANO RICARDO
Acadêmico: Osmar Muniz Pimentel

"Agora vamos viver na mesma casa de cultura e amizade que é esta Academia. Em contato uns com os outros, o espiritual permanente nos coloca face a face, diante da vida."
9/6/2021
DISCURSO DE POSSE (18.10.1990)
Acadêmico: José Benedicto Silveira Peixoto

"Procurei bem cumprir o dispositivo regimental desta Augusta Academia e dizer, nas minhas apoucadas palavras, dos meus eminentíssimos antecessores, na Cadeira que aqui vou ocupar."
9/6/2021
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO ISRAEL DIAS NOVAES
Acadêmico: José Benedicto Silveira Peixoto

"Quando foi a Academia Paulista de Letras festivamente inaugurada, a 27 de novembro de 1909, já José Benedicto Silveira Peixoto o testemunhou, nos seus oito meses e pico ..."
9/6/2021
DISCURSO DE POSSE (10.08.2006)
Acadêmico: José Cretella Júnior

"Vejo, hoje, aqui presentes, os nobres Acadêmicos, aos quais me reunirei, para, uma vez por semana, discutir relevantes problemas nacionais."
9/6/2021
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO PAULO JOSÉ DA COSTA JÚNIOR
Acadêmico: José Cretella Júnior

"Assim é que, ao findar esta breve saudação, reverencio o novo imortal, fazendo a saudação inusual, mesmo aqui, diante de um auditório tão seleto. É mais uma homenagem que presto a ele e à nossa grande amizade."
13/3/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO FEITO PELO ACADÊMICO ANTONIO PENTEADO MENDONÇA
Acadêmico: Maria Adelaide do Amaral

Na eternidade, a vila de boca de sertão e a metrópole alucinada são uma coisa só. A mata da fazenda Himalaia se mistura com o apartamento do prédio nos Jardins, e o urro da onça faz contraponto ao concerto de Liszt, enquanto um gavião é posto para fora da sala no décimo segundo andar pelas vassouradas da Lucia. Salve Emy! Salve Fafá!
3/3/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO EROS GRAU
Acadêmico: Rubens Barbosa

"Começo a cumprir a função com a qual fui honrado, função de saudar Rubens Barbosa, com uma pequena expansão, própria aos que costumam enlaçar em seus braços a velha Academia do Largo de São Francisco --- lá onde mora a Amizade, lá onde mora a Alegria. Rubens lá esteve, pisando o chão das nossas Velhas Arcadas, até o quarto ano do curso de Direito, quando --- por conta do Instituto Rio Branco e da carreira diplomática que abraçou --- mudou-se para o Rio de Janeiro. Bacharelou-se então em ciência ...
2/3/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO CELSO LAFER
Acadêmico: Synesio Sampaio Goes Filho

"É com alegria de amigo que inicio esta saudação a Synesio Sampaio Goes Filho nesta ocasião da sua posse na cadeira 19 da Academia Paulista de Letras."
28/2/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO IVES GANDRA DA SILVA MARTINS
Acadêmico: Jô Soares

"Em mais uma solenidade de posse na Academia Paulista de Letras, recebemos, desta vez, a notável figura de um intelectual que é humorista, ator, comediante, diretor, escritor, produtor e artista plástico."
18/2/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO JOSÉ PASTORE
Acadêmico: José Goldemberg

"Poucas são as academias que têm em seus quadros agraciados com o Premio Nobel. Escolhido entre 1.400 cientistas de todo o mundo, José Goldemberg recebeu o Premio Planeta Azul que corresponde ao Premio Nobel das ciências do meio ambiente."
18/2/2020
DISCURSO DE POSSE (13/02/2014)
Acadêmico: José Goldemberg

"Agradeço inicialmente aos membros da Academia Paulista de Letras pela confiança em me eleger. Considero uma honra e um privilegio ocupar a cadeira nº 25..."
18/2/2020
DISCURSO DE RECEPÇÃO PELO ACADÊMICO RUBENS SCAVONE
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Meu primeiro encontro com Luiz Carlos Lisboa já vai distante, aconteceu em certa noite de 1973, no auditório da Câmara Brasileira do Livro, quando o ora empossado recebeu o prêmio Jabuti, ante o trabalho desenvolvido através da imprensa na difusão da cultura."
18/2/2020
DISCURSO DE POSSE - JORGE CALDEIRA (08/05/2008)
Acadêmico: Jorge Caldeira

"A vida de escritor é uma vida curiosa, vida feita de momentos opostos. O primeiro desses momentos envolve o esforço para conhecer e escrever sobre aquilo que se conhece. Esse momento é solitário, depende muito da vontade e da competência."
18/2/2020
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Rubens Barbosa

"É com grande satisfação que assumo a cadeira 10 da Academia Paulista de Letras, que este ano celebra 110 anos de existência. A cadeira 10, cujo patrono é Cesário Mota Junior, teve como meus antecessores Eduardo Guimarães, Paulo Setúbal, Gustavo Teixeira, Afonso Schmidt, Edmundo Vasconcelos e Paulo Nogueira Neto."
18/2/2020
TÍTULO DE PROFESSOR EMÉRITO E GUERREIRO DA EDUCAÇÃO RUY MESQUITA 2019.
Acadêmico: Paulo Nathanael Pereira de Souza

Discurso de recepção do Título de Professor Emérito e Guerreiro da Educação Ruy Mesquita 2019 (15 de outubro de 2019)
23/5/2017
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Synesio Sampaio Goes Filho

"Queridos amigos. Conhecendo ou não o porto de destino, o melhor é concentrar-se na viagem. Cuidar de amores e amizades, fazer bem e fazer o bem. E, para lembrar Montaigne, não se levar muito a sério e esperar que a morte nos encontre sem temores, plantando nossas couves..."
10/11/2016
DISCURSO DE POSSE
Acadêmico: Jô Soares

"Na hora de escrever este discurso, descobri, para meu espanto, que nunca havia escrito sobre mim mesmo. Com 58 anos de atividade, era a primeira vez que isso ocorria"
1/11/2016
DISCURSO EM COMEMORAÇÃO AO PRÊMIO FUNDAÇÃO CONRADO WESSEL
Acadêmico: Lygia Fagundes Telles

Com a premiação, a Fundação Conrado Wessel faz hoje este heróico convite ao jovem e ao velho: “Me leia, não me deixe morrer!” Sim, a palavra escrita é “a negação da morte”.
 1    2     3     4   





 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.