0630  matéria(s) localizada(s) . Exibindo página 1  
4/11/2018
A DOR QUE DÓI MAIS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"O cabelo de Ana Clara estava molhado. Ela sentada em um sofá simples com uns panos de enfeite. A perna esticada em um suporte improvisado. Tudo muito bonito em um cômodo pequeno desse interior grande do Brasil."
28/10/2018
A PRUDÊNCIA DE FABIANO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"No consultório de Fabiano, havia sempre lugar para quem sofria com a dor ou com o preconceito. Dinheiro nunca foi o mais importante."
21/10/2018
PROFESSOR, PROFISSÃO ESPERANÇA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"A escola é um espaço em que se realizam. A professora gosta de estar ali; a menina, também. A professora escolheu a profissão da esperança, a menina é a esperança que cresce todos os dias e que há de desabrochar para enfeitar um tempo imprevisível."
14/10/2018
A ONDA DA INTOLERÂNCIA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Dona Arlete estava com as mãos na massa, preparando o bolo para o aniversário da bisneta de 15 anos. Foi quando ouviu o comentário de um jornalista sobre uma notícia que a deixou chocada. Um homem assassinado na Bahia por divergências políticas, e o jornalista dizendo que essas coisas acontecem."
7/10/2018
O VOTO DE SEBASTIANA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Sebastiana é uma mulher de poucas palavras. Aprendeu que só se fala o necessário. Não gosta de opinar sobre a vida das pessoas, acha um desperdício de tempo e de energia."
30/9/2018
UM DIA DE SOL
Acadêmico: Gabriel Chalita

Mas nem sempre é. Pessoas são mais complexas do que as águas salgadas ou do que as areias que se deixam banhar por elas.
23/9/2018
O APAGAR DAS LUZES
Acadêmico: Gabriel Chalita

"E, com a noite, a dor lancinante de quem perdeu o seu amor. Celina estava em pedaços. Quem já passou por isso sabe o quanto dói."
16/9/2018
A VISITA DE RENATA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Algumas amizades teimam em desrespeitar as delicadezas dos encontros. Outras teimam em aceitar. Por enquanto."
9/9/2018
A DOR DA OUTRA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"As facilidades das novas tecnologias diminuíram as distâncias e amenizaram a saudade. Elas podem se ver enquanto conversam. A mãe também aprendeu. E assim, todas as noites, Lenita e Eulália se veem e se derramam em afeto."
2/9/2018
O NÃO-DITO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"De seu jeito, tentou passar para os filhos os mesmos valores. Não estudou, mas deu estudo aos dois. Chorou nas duas formaturas. Emocionou-se abraçando a mulher. Economizou nas próprias roupas para vestir melhor os filhos. Para ele, uma bicicleta velha; para os dois, o que podia comprar de melhor."
26/8/2018
UM COTIDIANO FELIZ
Acadêmico: Gabriel Chalita

"As manhãs, na casa de Isabel, começam com o aroma do café. A mãe, quando sente, ajeita a penhoar que fica ao lado da cama e se levanta para comer com a filha. Gostam de gostar uma da outra. Tomam os remédios que precisam tomar. Comem sem pressa. E conversam. "
19/8/2018
PERGUNTE AOS PROFESSORES
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Há muito o que se dizer sobre o ensino/aprendizagem, sobre a formação de professores, sobre o currículo, sobre a sala de aula, sobre a participação das famílias no processo educativo, sobre o poder de desenvolver a autonomia de um aluno."
12/8/2018
O DIA DOS PAIS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Enquanto escrevo, vejo, depois de tantos anos, o sorriso do meu pai. Suas mãos grandes acariciando meu rosto. Seu convite a nunca deixar de ter fé. Quanta fé teve meu pai! Mesmo em seus calvários, mesmo na partida dos filhos que foram antes dele, ele agradeceu a Deus o tempo da convivência. "
5/8/2018
A VONTADE DE SER ACEITO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Era isso que pensava o menino que se preparava para ir à escola. A mochila, presente de uma tia, o irmão tinha levado. Pegou o caderno, do semestre anterior, um pequeno estojo com lápis e caneta e lá se foi para a escola."
5/8/2018
A VONTADE DE SER ACEITO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Era isso que pensava o menino que se preparava para ir à escola. A mochila, presente de uma tia, o irmão tinha levado. Pegou o caderno, do semestre anterior, um pequeno estojo com lápis e caneta e lá se foi para a escola."
29/7/2018
A FRAGILIDADE HUMANA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Guardar os nossos sentimentos com medo de que nos machuquem é desconsiderar a razão da existência dos sentimentos."
22/7/2018
A LUTA DO BEM CONTRA O MAL
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Respostas simplistas não resolvem grandes inquietações. As perguntas sobre os outros talvez sejam um caminho para refletirmos sobre a nossa própria dualidade. Bondades e maldades, não sei por qual razão, estão em nós. Só sei que precisamos ser fortes o suficiente para decidirmos."
15/7/2018
SABER DIVIDIR
Acadêmico: Gabriel Chalita

"O pequeno, um pouco maior, chegou para pegar o alimento. Cada um tinha direito ao seu. Ele compreendeu e não tentou pegar para dois. Pediu apenas mais um prato para dividir. A senhora olhou e quis saber. Ele mostrou o irmão sentado, com a perna machucada. 'É meu irmão', disse com um dizer orgulhoso, com um dizer cuidadoso."
8/7/2018
O FILHO DE LETÍCIA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Nos barulhos dos seus pensamentos, Letícia reza. Não sabe mais o que fazer. O filho já vive o tempo das não-autorizações."
1/7/2018
O TEMPO DA SABEDORIA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Eu observava as suas mãos. As marcas do tempo não tiraram a beleza. Observava o seu olhar enquanto os outros falavam. A atenção ao outro é prova de amor e de sabedoria. Observava o seu texto mesmo quando discordava do que alguém havia dito. Cuidadoso. Sinal de respeito."
24/6/2018
FLOR DE LOTUS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Nasce a Flor de Lótus em águas lamacentas. Nasce e cresce bela."
17/6/2018
A ARTE DE RECOMEÇAR
Acadêmico: Gabriel Chalita

"É preciso coragem para recomeçar. Para acordar e pensar no filho que se foi e prosseguir sabendo que as estações de partida estão em todos os lugares independentemente da nossa vontade. Saber que uma demissão não põe fim a nossa vida. Saber que desilusões amorosas são feridas que o tempo é capaz de cicatrizar. "
10/6/2018
A CARAVANA DE CHICO BUARQUE
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Chico talvez nem saiba, mas muitas histórias de amor começaram assim: em uma Caravana de canções decidida a conquistar outros mares. O eterno guri já passou dos 70 e está longe de perder o poder de navegar."
30/5/2018
AINDA SOBRE PENTECOSTES
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Duas reflexões? Vamos lá. A primeira sobre o perdão. A segunda sobre a comunhão."
20/5/2018
SOBRE DEUS, HOMENS E PAISAGENS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Deus caprichou, mas o homem estragou"
 1    2     3     4     5   





 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.