0167  matéria(s) localizada(s) . Exibindo página 2  
24/3/2019
NÃO SOU A MINHA IRMÃ
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Foi essa a frase que eu disse em tom de desabafo. Não, Não foi hoje, nem ontem. Faz algum tempo. Faz muito tempo, E por que ainda me lembro? Porque algumas marcas ficam."
17/3/2019
ANJOS DA ESCOLA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Estou cansada. Triste. Queria ter feito mais. Mas quem sou eu? Não tenho o poder dos poderosos. Não tenho como entrar na mente das pessoas e impedir que elas façam o mal. Não tenho nem o poder de decidir o que as crianças precisam aprender na escola."
3/3/2019
UMA MANHÃ DE CARNAVAL
Acadêmico: Gabriel Chalita

"As louças estão desconfiadas. Muito limpas. Muito organizadas. Em outros tempos, era tanta gente!"
24/2/2019
O TEMPO E OS TEMPOS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Chegamos ao hospital. Pessoas sentadas aguardando a vez. Pessoas saindo. Pessoas entrando. "
17/2/2019
BIBI FERREIRA, IMORTAL
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Falam dos seus feitos. Os que a conheceram têm histórias para contar. Eu tenho. E não são poucas."
10/2/2019
EU E AS CHUVAS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"O que eu peço para as chuvas? Que venham mais equilibradas. Já há gente desequilibrada demais por aí."
3/2/2019
QUEM CRIOU A LAMA?
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Os desesperos diante da lama demonstram que se perderam. Que os humanos se perderam. E nós, com eles."
27/1/2019
FERNANDA MONTENEGRO, ESSENCIAL
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Entre aplausos e atenções, os artistas de todas as idades ficam em sinal de reverência a uma das maiores atrizes do mundo."
20/1/2019
A BONDADE E OS OUTROS LADOS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Vi amigos padres animados com a possibilidade de andarem armados, ouvi discursos preconceituosos, percebi atitudes pouco bondosas com os que são ou pensam diferentes."
13/1/2019
NELSON GONÇALVES, O AMOR E O TEMPO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"O amor nos retira da multidão e nos dá o poder da unicidade. Faz toda diferença saber que alguém nos ama."
6/1/2019
ALGUM ENCONTRO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"No início, quando eu era mais desprevenida, fizeram de mim um alguém sem grandes considerações. Considerei os desprezos e as mentiras e acumulei tudo. E tudo está em mim."
3/1/2019
O DIREITO DE NASCER
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Estou falando do que nasce, e do direito de nascer, estou falando dos sonhos que sonhamos e que não desperdiçamos por aí. Estou falando dos que não aprenderam sequer a beleza do sonho. Quem sonha aqui?"
26/12/2018
É QUASE NATAL
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Havia um irmão que cantarolava sem muito compreender o significado da sua alegria. Um avô que cantava em outra língua, a de sua terra natal. Devia ele ter a saudade que hoje tenho, mesmo sem ser avô."
17/12/2018
SOBRE A INGRATIDÃO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Meu filho resolveu me interditar. Dinheiro. Não tenho muito, mas ele quer o que tenho. Criou uma teoria de que eu não tenho condições de decidir por mim mesmo."
2/12/2018
OS IRRACIONAIS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Os carros, talvez, tenham mais valor. Ninguém abandona. Já eu. Um cachorro que não era mais novidade, que talvez desse trabalho. Não sei. Sei que nunca deixei de fazer festa quando eles chegavam. Nunca deixei de estar quando me queriam. Deixaram de me querer e fiquei aqui. Sozinho."
2/12/2018
CHEIRO DE PAZ
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Há sonhos que demoram a se realizar. Há outros que chegam antes de serem sonhados."
25/11/2018
UMA ROSA NASCEU
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Rosa era também o nome da minha sogra. Viveu para ver o nosso casamento e depois partiu. A menina é o despertar de amanhãs que nos invade. Corre pela casa anunciando alegria."
18/11/2018
VIDA DE ARTISTA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Quando ele estava comigo, eu dizia para mim mesma: e estando, me faltas. E agora que ele me falta eu diga para mim mesma: e agora?"
16/11/2018
A PRESENÇA E AS LIÇÕES DE STAN LEE
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Eu só quero que vocês saibam que a Marvel sempre foi e sempre será um reflexo do mundo que vemos da nossa janela"
11/11/2018
O BAILE DE ISADORA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Em seu coração, Isadora gostaria de que tudo fosse eterno. A felicidade é uma estrela distante de ser compreendida se perdemos quem amamos."
4/11/2018
A DOR QUE DÓI MAIS
Acadêmico: Gabriel Chalita

"O cabelo de Ana Clara estava molhado. Ela sentada em um sofá simples com uns panos de enfeite. A perna esticada em um suporte improvisado. Tudo muito bonito em um cômodo pequeno desse interior grande do Brasil."
28/10/2018
A PRUDÊNCIA DE FABIANO
Acadêmico: Gabriel Chalita

"No consultório de Fabiano, havia sempre lugar para quem sofria com a dor ou com o preconceito. Dinheiro nunca foi o mais importante."
21/10/2018
PROFESSOR, PROFISSÃO ESPERANÇA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"A escola é um espaço em que se realizam. A professora gosta de estar ali; a menina, também. A professora escolheu a profissão da esperança, a menina é a esperança que cresce todos os dias e que há de desabrochar para enfeitar um tempo imprevisível."
14/10/2018
A ONDA DA INTOLERÂNCIA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Dona Arlete estava com as mãos na massa, preparando o bolo para o aniversário da bisneta de 15 anos. Foi quando ouviu o comentário de um jornalista sobre uma notícia que a deixou chocada. Um homem assassinado na Bahia por divergências políticas, e o jornalista dizendo que essas coisas acontecem."
7/10/2018
O VOTO DE SEBASTIANA
Acadêmico: Gabriel Chalita

"Sebastiana é uma mulher de poucas palavras. Aprendeu que só se fala o necessário. Não gosta de opinar sobre a vida das pessoas, acha um desperdício de tempo e de energia."
 1     2    3     4     5     6     7   





 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.