09  matéria(s) localizada(s) . Exibindo página 1  
19/8/2019
ENTREVISTAR É MUITO MAIS DO QUE SÓ PERGUNTAR
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Ler com atenção e fascínio as entrevistas de Oriana Fallaci foi para ela só parte de um aprendizado que se somava a cada experiência. Aquele era o tempo do Correio da Manhã e mais tarde o do “Caderno B” do Jornal do Brasil, e seus entrevistados e mestres de então foram ninguém menos que João Guimarães Rosa, João Cabral de Melo Neto e Érico Veríssimo. "
1/8/2019
QUANDO O REPÓRTER ESCREVE COM A PRÓPRIA PELE
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Nesse meio tempo trabalhou em meio a guerras e conflitos em diferentes lugares. Um dia em Beirute corre atrás de um avião sírio que caía, outra vez acorda com os sinos de uma igreja maronita alertando para um bombardeio."
3/10/2018
VOTANDO COM O INCONSCIENTE
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Freud gostava de dizer que os filósofos e os poetas foram os verdadeiros descobridores do inconsciente."
7/6/2017
NOVO SERMÃO AOS PEIXES, EM TEMPO DE LAVA-JATO
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Há quem creia que melhor seria esquecer, do que sangrar de novo com a lembrança daqueles instantes."
3/3/2017
MEMÓRIAS DO SUBSOLO
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

O monólogo da perplexidade humana em face do mistério da vida. Uma abordagem do livro de Fiódor Dostoiévski por Luiz Carlos Lisboa*, para o Clube de Leitura da Academia Paulista de Letras.
25/11/2016
O HOMEM AÉREO EM “A METAMORFOSE” DE FRANZ KAFKA
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

introdução ao debate sobre "A Metamorfose", de Franz Kafka, escrito pelo acadêmico Luiz Carlos Lisboa para o encontro do Clube de Leitura da Academia Paulista de Letras, realizado em 27 de outubro de 2016
15/7/2016
SOMOS TODOS ESAÚ E JACÓ
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Nos últimos trabalhos que burilou, Esaú e Jacó e Memorial de Aires, Machado atreveu-se a mostrar o ser humano em toda sua profundidade, no seu vigor e na sua inconstância."
22/6/2016
SOBRE O HOMEM AÉREO EM KAFKA
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"Kafka tinha motivos de sobra para se pensar um homem triste, mas esse autor que Carlos Drummond de Andrade teria talvez chamado de “gauche na vida”, como chamou a si mesmo, foi afinal algo bem diferente de um sujeito apenas inadequado, tendo após a morte conquistado a admiração do mundo por sua obra fantástica e ao mesmo tempo realista na forma"
13/4/2016
GRAMSCI E O PRÉ-SAL-SAL NA CRISE BRASILEIRA
Acadêmico: Luiz Carlos Lisboa

"A origem de muito que nos inquieta e até desespera se mostra então vaga, e como tal sugere mais dúvidas. Que dizer dessa perplexidade quando é o destino de um país e de um povo que está em jogo? "
 1  





 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.