01707  matéria(s) localizada(s) . Exibindo página 2  
22/4/2024
O BRASIL DESÉRTICO
Acadêmico: José Renato Nalini

O Brasil, que se vangloria de possuir formidável estoque de água doce, está treinando para se tornar um deserto.
21/4/2024
EUCLIDES, O REBELDE
Acadêmico: José Renato Nalini

A vida atormentada de Euclides da Cunha tem rendido muitas páginas. Biografias, análises, sem falar na multiplicidade das críticas sobre sua obra.
20/4/2024
OS OSSOS DE CABRAL
Acadêmico: José Renato Nalini

Alberto de Carvalho preocupou-se com a pesquisa e resguardo dos restos mortais de Pedro Álvares Cabral.
19/4/2024
O IRASCÍVEL SABARÁ
Acadêmico: José Renato Nalini

Explosões de ira entre magistrados da cúpula não constituem novidade. Integram o repertório da História do Poder Judiciário brasileiro
18/4/2024
ONDE SE ESCONDEU A ÉTICA?
Acadêmico: José Renato Nalini

Embora o verbete seja utilizado em todos os discursos, sua prática é miserável.
17/4/2024
CONTROLE DE CONTAS CONSENSUAL?
Acadêmico: José Renato Nalini

Há tempos venho usando CCC para denominar a tendência de se adotar o método da Composição Consensual de Controvérsias.
16/4/2024
SÓ DINHEIRO SALVA A TERRA
Acadêmico: José Renato Nalini

Importante e confortador, sob essa vertente, verificar que economistas se dedicam a analisar a situação e sugerir alternativas.
15/4/2024
RUY, O INEXCEDÍVEL
Acadêmico: José Renato Nalini

Por mais que se escreva sobre Ruy Barbosa, sempre haverá o que se dizer sobre esse baiano que estudou em São Paulo e cujo centenário de morte em 2023 não foi celebrado à altura de seu merecimento.
13/4/2024
VIVA CORDIALIDADE
Acadêmico: José Renato Nalini

Personagens que passam à História como figuras perversas, envoltas em uma aura negativa, nem sempre causaram tal impressão aos contemporâneos.
12/4/2024
BEIJAR A MÃO DE UM JUSTO
Acadêmico: José Renato Nalini

Ruy Barbosa nos legou o exemplo de sua vida. Recebe, é verdade, aquela glória tardia, gelada e imperceptível, que é o reconhecimento depois da morte.
11/4/2024
TURISMO FUNÉREO
Acadêmico: José Renato Nalini

Necrópoles estrangeiras exploram o turismo funéreo qual verdadeira indústria. O mais visitado é o Père Lachaise, em Paris, onde dormem sumidades.
10/4/2024
FINESSE REAL
Acadêmico: José Renato Nalini

A Monarquia ainda tem fieis adeptos e eles têm razão quando invocam o exemplo europeu.
9/4/2024
ENSINAR! QUEM CONSEGUE?
Acadêmico: José Renato Nalini

Quem consegue ensinar a ensinar? Raras as mentes que se preocupam com isso.
8/4/2024
NHÔ TONICO DE CAMPINAS
Acadêmico: José Renato Nalini

Recorro a Rodrigo Octávio, em sua última série de “Minhas Memórias dos Outros”, para resgatar alguns dados sobre o autor de “O Guarani”.
7/4/2024
O PREÇO DA CALÚNIA
Acadêmico: José Renato Nalini

A mentira, a invenção de fatos, a atribuição de responsabilidades falsas em relação às pessoas existe desde que o ser humano passou a conviver.
6/4/2024
O FEITIO DO GIGANTE RUY
Acadêmico: José Renato Nalini

A “Águia de Haia” só queria cumprir com o seu dever de brasileiro.
5/4/2024
LÍRICAS FRUSTRAÇÕES
Acadêmico: José Renato Nalini

Enquanto a civilização cultua os seus artistas, o Brasil frustra aqueles que se devotam a perseguir ideais que não tenham em vista a imediata obtenção de recursos materiais.
4/4/2024
A ÁGUIA DE VOLTA AO BRASIL
Acadêmico: José Renato Nalini

Encerrados os trabalhos da Conferência de Paz de 1907, Ruy Barbosa voltou ao Brasil e retomou suas atividades políticas e profissionais.
3/4/2024
O ESTILO DO BARÃO
Acadêmico: José Renato Nalini

Rio Branco era amante de espaços arquitetônicos requintados. O Itamarati passou a ser uma das mais belas dependências diplomáticas de todo o planeta.
2/4/2024
SANHA DEMOLITÓRIA
Acadêmico: José Renato Nalini

Se a humanidade fosse provida de uma dose de módica solidariedade, haveria recurso suficiente para oferecer aos excluídos o mínimo existencial.
1/4/2024
A MORTE DO BRUXO
Acadêmico: José Renato Nalini

É usual chamar-se Machado de Assis de “o bruxo do Cosme Velho”. Bruxo, no sentido de encantamento.
31/3/2024
CARÁTER BOÊMIO E DESORDENADO
Acadêmico: José Renato Nalini

Na revisita que faço à plúrima existência do Barão de Rio Branco, fácil é concluir que ele era portador de um caráter boêmio e desordenado.
30/3/2024
CAXIAS, ENAMORADO E POETA
Acadêmico: José Renato Nalini

O Duque de Caxias, único Duque brasileiro, tem sua vida celebrada em inúmeros textos. Pouca gente sabe, contudo, que houve tempos em que militares brasileiros serviam em Montevidéu.
29/3/2024
BAGUNÇA ORGANIZADA
Acadêmico: José Renato Nalini

José Maria Paranhos do Rio Branco, o Barão do Rio Branco, era um desses raríssimos exemplares de exotismo nas coisas mais simples.
28/3/2024
COMO NASCEU A ACADEMIA
Acadêmico: José Renato Nalini

A gloriosa ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS não nasceu grande. Mas nasceu sob as bençãos de alguém gigante: MACHADO DE ASSIS.
 1     2    3     4     5     6     7     8     9   

 10     11     12     13     14     15     16     17     18     19   

 20     21     22     23     24     25     26     27     28     29   

 30     31     32     33     34     35     36     37     38     39   

 40     41     42     43     44     45     46     47     48     49   

 50     51     52     53     54     55     56     57     58     59   

 60     61     62     63     64     65     66     67     68     69   





 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.