Compartilhe
Tamanho da fonte

cadeira nº 12
PAULO NATHANAEL PEREIRA DE SOUZA

Patrono: Paulo Egydio de Oliveira Carvalho
Fundador: Alberto Seabra
Aniversário: 25/3/1929
Data de posse: 2/4/2009

Nasceu em José Paulino (hoje Paulínia) em 25 de março de 1929.
Morou e fez curso primário em várias cidades, como Campinas, Araraquara e São Carlos. Após formar-se pelo grupo escolar paulino Carlos, cursou o ginásio diocesano e, na escola normal “Dr. Álvaro Guião”, também de São Carlos, formou-se no curso Clássico e no de formação de professores primários. Foi jornalista e professor em várias escolas secundárias da cidade de São Carlos. Prestou concurso público em História e, aprovado escolheu vaga em Tupã na alta Paulista. Antes disso exerceu ainda em São Carlos a vereança municipal, para a qual fora eleito.

Dirigiu estabelecimentos estaduais de ensino básico e foi inspetor regional (em Itapetininga e Tupã), da rede escolar de ensino. Mudou-se para São Paulo em 1961, onde fez carreira na Secretaria Estadual de Educação, ocupando a chefia do ensino secundário e normal, a coordenadoria geral do ensino, e a secretaria de educação por um semestre. Atuou também na prefeitura municipal de São Paulo, onde foi diretor do ensino municipal e Secretário de Educação e Cultura.

Ingressou na docência de Ensino Superior, e foi reitor de diversas universidades privadas acadêmicas e corporativas, Integrou o Conselho Estadual de Educação, bem como o Federal, do qual chegou a ser Presidente. Presidiu organizações diversas, como: Cenafor, CIEE, e as Academias Paulistas de Educação e Cristã de Letras, além de ter ocupado o cargo de vice-presidente da Fundação de Ciências aplicadas (ordem dos jesuítas). Conquistou a titulação de Doutor em concurso feito na universidade Mackenzie, com a tese: “Educação, Trabalho e Democracia: Afinidades e Interações.” Eleito para a Academia Paulista de Letras, em 2009, na vaga deixada pelo acadêmico Ferri de Barros, integrou a diretoria da instituição (tesouraria).

Escreveu e publicou cerca de trinta obras, das quais se destacam: Desafios Educacionais Brasileiros; Pré-escola, uma nova fronteira educacional; Educação, escola e trabalho; Educação na Constituição; Falas (de História, Circunstância e Educação); Educação: uma visão crítica; Como entender e aplicar à nova LDB; Educação e Desenvolvimento caminhos e descaminhos da educação brasileira; Histórias que a História não conta. Entre outros.

Viajou pelo mundo todo, a estudos e a convite dos governos de França, Espanha, USA, Japão, Canadá, Portugal, Itália, Alemanha, Áustria, Holanda, Bélgica, México, Colômbia, Jamaica, Venezuela, Argentina, Uruguai, Chile, entre outros. Foi escolhido como cidadão honorário por dezenas de municípios, com destaque para São Paulo e Goiânia. Recebeu inúmeras comendas cívicas e culturais, sendo dignas de citação as medalhas brasileiras ordem Nacional do Mérito Educacional (grau de grande comendador), Ordem Nacional da Marinha do Brasil. (bem como, Almirante Tamandaré); e duas condecorações da República Francesa: a Ordem Nacional do Mérito (Presidente Giscard D'Estaing) e Legion D'honneur (Presidente François Mitterand). Recebeu da Academia Brasileira de Letras as seguintes decorações: Machado de Assis, Francisco Alves, João Ribeiro. Pertence às Academias Nacionais de Educação e Filosofia, além de ser conselheiro da Fecomercio, da FIESP, da associação comercial de São Paulo e da Fundação Faculdade de Medicina. Detém o título de Professor Emérito de diversas universidades, além do Rotary Club de São Paulo.

Fundador: Alberto Seabra Sucessores: René Thiollier; Maria de Lourdes Teixeira; Benedicto Ferri de Barros




voltar




 
Largo do Arouche, 312 / 324 • CEP: 01219-000 • São Paulo • SP • Brasil • Telefone: 11 3331-7222 / 3331-7401 / 3331-1562.
Imagem de um cadeado  Política de privacidade.